Dicas para Conservação dos Pneus

Sendo os pneus a única coisa a estabelecer contacto entre o seu veículo e a estrada por onde circula, o estado em que estes se encontram é extremamente importante e algo que todos os condutores deveriam manter em mente.

As dicas aqui apresentadas irão ajudá-lo a identificar danos nos pneus, desgates ou outros problemas que podem levar a acidentes. Preste bastante atenção ao estado de conservação dos pneus e não hesite em substituir um pneu que se encontre danificado de modo a evitar surpresas desagradáveis.

Os pneus desempenham um papel crucial na segurança de qualquer veículo, ainda assim muitos condutores descuidam-se com a sua manutenção. Independentemente do quão confortáveis e seguros os fabricantes de  automóvel desejem que os nossos carros sejam, os pneus são a única parte do veículo que está em contacto com a estrada. Qualquer problema nos pneus anula a eficácia de outras características de segurança e conforto existentes.

As dicas que aqui lhe deixamos irão ajudá-lo a manter os seus pneus em perfeitas condições de segurança.

Verifique a pressão dos pneus

Com a rodagem os pneus perdem ar, tenha no porta luvas um manómetro para os pneus. Manómetros digitais são baratos e fáceis de usar, verifique a pressão regularmente e antes de cada viagem longa. Verifique a pressão dos pneus antes de começar a viagem, de preferência quando o carro tenha estado parado umas horas de modo a conseguir uma leitura mais correcta, já que a fricção com a estrada provoca calor o que afecta a pressão do pneu.

A pressão correcta para os seus pneus virá indicada no seu manual do proprietário. Pneus com ar a menos podem provocar problemas, tais como maior consumo de combustível e o sobre-aquecimento dos pneus o que poderá ao rebentamento do pneu.

Lembre-se de verificar também o pneu suplente. Se tiver um furo e só então descobrir que não poderá usar o pneu suplente irá, não só irritá-lo, mas também fazer perder ainda mais tempo. Mantenha o pneu suplente nas mesmas condicões que os restantes, verifique a pressão com frequência e certifique-se de que tem as ferramentas necessárias para a substituição, na eventualidade de um furo.

Verifique o rasto dos pneus

Duas coisas que deverá prestar atenção é a marcas de desgaste e à profundidade do rasto. Inspecione as bordas dos pneus à procura de desgaste irregular o que pode indicar que os seus pneus não estão devidamente alinhados, mande alinhar a direção. Alinhamento incorreto leva a um menor conforto e reduz significativamente a durabilidade dos seus pneus.

Procure por danos nos pneus. Enquanto verifica a pressão do ar pode ao mesmo tempo procurar por cortes, rachas, bolhas ou furos nas paredes laterais. Danos como estes podem requerer que subsititua o pneu.

Enquanto conduz, preste atenção se notar uma tendência do carro “fugir” para um dos lados ou alguma vibração que sinta. Caso atinja um buraco na estrada, esteja envolvido num acidente ou saltar numa lomba preste especial atencão pois possivelmente precisará de ter a direção calibrada, o que é bastante importante para a estabilidade e segurança do veículo em geral.

Substitua pneus que estejam gastos ou danificados o mais depressa possível. De nada serve verificar o estado dos seus pneus se não fizer nada quando uma situação aparece, pneus em bom estado são imperativos para a segurança por isso não hesite em subsitituí-los. Tecnologias de segurança tais como suspensão activa e ABS dependem grandemente do bom estado dos quatro pneus. Tome bem conta dos seus pneus e estes tomarão bem conta de si.

Esta entrada foi publicada em Pneus com as tags , . ligação permanente.

Uma resposta a Dicas para Conservação dos Pneus

  1. farmacia diz:

    O texto é importantíssimo. As falhas nos componentes mecânicos dos veículos são as principais causas de morte nas estradas aqui no Brasil. É válido destacar que o condutor deve fazer o revezamento de pneus, ou seja, substitua o pneu dianteiro da esquerda pelo traseiro da direita e vice versa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *